Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Reinventando a Cortiça

A inovação é a força motora da Unidade de Negócios (UN) Aglomerados Compósitos, reconhecida como a mais tecnológica do universo da Corticeira Amorim. Diariamente, esta UN propõe-se redesenhar o mundo de forma sustentável, reutilizando e reinventando materiais naturais e recicláveis com aplicações nas mais diversas áreas.

A cortiça não utilizada pela indústria de rolhas é a principal matéria-prima utilizada pela UN, num modelo exemplar de economia circular. A partir daqui, desenvolve-se um portefólio único de materiais de alta performance destinado a múltiplas indústrias, como a aeroespacial, painéis e compósitos, automóvel, vedantes e juntas, indústria de energia elétrica, construção, superfícies desportivas, pavimentos, bens de consumo, mobiliário e calçado.

 
"Incorporando tecnologia de ponta e um know how único, a UN Aglomerados Compósitos desenvolve compósitos de cortiça para algumas das indústrias mais exigentes do mundo."

Referência internacional na pesquisa, desenvolvimento e produção de novas soluções de compósitos de cortiça, a UN Aglomerados Compósitos tem entre os seus principais clientes algumas das indústrias mais exigentes do mundo em termos de qualidade e inovação.

Aqui são desenvolvidos, por exemplo, os materiais de proteção das naves espaciais da NASA e da ESA (Agência Espacial Europeia). Para a missão IXV da ESA, esta UN desenvolveu um compósito de cortiça capaz de proteger a estrutura do veículo espacial dos efeitos do ambiente térmico, desde a fase inicial, ainda no solo, à reentrada na atmosfera e fase de descida. Soluções TPS (Thermal Protection Systems) como esta evidenciam as altas credenciais técnicas da cortiça que, graças à sua leveza, capacidade de isolamento térmico e extraordinária resistência, se torna um elemento-chave na importante missão de garantir a integridade física dos veículos espaciais, evitando que sejam destruídos por temperaturas extremas.

Orientada para o desenvolvimento de novas soluções de cortiça, a UN Aglomerados Compósitos diferencia-se pelo seu pioneirismo na pesquisa constante de novos desafios para os compósitos de cortiça. Entre os mais aliciantes, encontram-se o da coleção MATERIA - Cork by Amorim, em que impôs todo o seu know-how na produção de peças e soluções únicas desenhadas por importantes designers nacionais e internacionais e o projeto METAMORPHOSIS, uma exploração das incríveis propriedades da cortiça, realizada por alguns dos mais reputados designers e arquitectos mundiais, que gerou novos conceitos e expandiu os limites deste material até níveis nunca antes alcançados.

A paixão pela experimentação resultou em aplicações revolucionárias no mundo real. O novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa, da autoria do arquiteto português João Luís Carrilho da Graça é exemplo disto, incorporando pela primeira vez um material inovador que combina o betão com cortiça, resultando numa estrutura consideravelmente mais leve e visualmente impactante, beneficiando das propriedades termoacústicas da cortiça.
 
A elasticidade da cortiça é uma das propriedades em destaque nas soluções de infills para relvados artificiais. Sendo um material 100% renovável, o granulado de cortiça traz de volta uma parte da natureza a estes sistemas de relvado, pondo em relevo as inúmeras propriedades positivas deste material, tais como a capacidade de absorção do impacto, a elevada durabilidade e o consumo mais eficiente de água.

Entre os projetos mais vanguardistas desenvolvidos por esta UN e que realçam a performance única de soluções com cortiça, destacam-se o Inspiro, o metro de última geração da Siemens, concebido para ser o mais moderno, eficiente e sustentável da sua classe. Graças à aplicação do inovador piso de cortiça AluCORK, desenvolvido pela UN Aglomerados Compósitos, o peso das carruagens é 30% inferior ao das carruagens tradicionais, contribuindo para uma redução dos custos de energia.

Também na indústria marítima, a cortiça tem um papel fundamental para garantir o transporte seguro, fiável e eficiente nos oceanos limpos do futuro. Um compósito de cortiça desenvolvido por esta UN é atualmente utilizado nos mais inovadores decks de navios de cruzeiro fluviais, resultando numa significativa redução de peso (menos sete toneladas por navio) a par de um excelente isolamento térmico e conforto para os passageiros.

Na UN Aglomerados Compósitos, a cortiça é constantemente sublimada. Um material 100% natural, sustentável e altamente tecnológico, ganha novas formas e funcionalidades para responder aos mais exigentes requisitos. A partir da cortiça são criadas novas fórmulas e novas soluções que, combinadas com diferentes materiais, garantem o melhor desempenho do produto final.

Porque a indústria da cortiça se baseia num ciclo sustentável, protegendo o equilíbrio da natureza, a UN Aglomerados Compósitos é certificada pelo FSC - Forest Stewardship Council e o PEFC - Programme for the Endorsement of Forest Certification Schemes.
 

Ver poster [PDF] >>

PORTFÓLIO

+

Indústria Aeroespacial

A integração da cortiça em aeronaves e foguetões começou com a missão Apolo 11, da NASA, que levou pela primeira vez o homem à lua. Resistindo ao teste do tempo, a cortiça tem sido desde então uma constante em diversos programas aeroespaciais, como a recente missão IXV da ESA. As estruturas química e física da cortiça transformam-na na matéria-prima ideal para sistemas de proteção ablativos, devido às suas excelentes propriedades de isolamento, leveza e baixa condutividade térmica.

+

Indústria Automóvel

Os motores dos automóveis estão sujeitos a testes extremos de resistência, calor e pressão. Soluções de vedação e selagem que combinam a cortiça com a borracha para a indústria automóvel, aplicadas tanto nos motores como nos sistemas de amortecimento, são o presente e futuro da selagem sustentável.

+

Construção

Graças à sua eficiência, resiliência e durabilidade, a cortiça é um material de excelência para a criação de soluções únicas para o setor da construção. O desenvolvimento de compósitos específicos de cortiça resulta num portfólio diversificado de materiais para isolamento acústico e controlo de vibrações, para além de soluções para absorção de expansões e contrações dos diferentes materiais de construção.

+

Bens de Consumo

Funcionalidade e design são dois ingredientes fundamentais nos espaços contemporâneos. Devido às suas características estéticas, ao seu toque suave e agradável e à sua performance úem termos de isolamento acústico e térmico, a cortiça é cada vez mais um material de eleição para a criação de objetos contemporâneos e aplicação em paredes, tetos e pavimentos.

+

Pavimentos

A cortiça é utilizada como matéria-prima e fator diferenciador na indústria dos pavimentos, quer na produção de componentes para cada uma das várias camadas ou layers que compõem um pavimento, quer para a produção de acessórios para estes sistemas (subpavimentos). Fabricados com a tecnologia NRT (Noise Reduction Technology), os componentes desenvolvidos pela UN garantem maior redução de ruído e maior conforto térmico, reinventado a indústria de pavimentos.

+

Calçado

Das mais cobiçadas marcas de moda aos mais fiáveis modelos ortopédicos, a indústria do calçado confia na cortiça para trazer leveza, resistência e beleza às suas criações.

Uma vez integrada num sapato, a cortiça garante uma melhor distribuição do peso corporal, amortece o impacto, controla a temperatura e permite que o pé respire, trazendo conforto ao caminhar.

+

Mobiliário

Estética e performance são dois atributos da cortiça desenvolvidos pela indústria do mobiliário. Um material altamente versátil e resistente, a cortiça alia características sensoriais únicas a funcionalidade, o que a torna especialmente atrativa. Através de novas técnicas de moldação e maquinação que permitem levar ainda mais longe todas as potencialidades da cortiça, surge uma panóplia de soluções para a indústria do mobiliário.

+

Indústria de Energia Elétrica

Os compósitos de cortiça aumentam a vida útil das centrais de produção elétrica e das redes de distribuição. São usados, por exemplo, em vedantes e juntas para equipamentos elétricos e controlo de ruído e vibrações em transformadores e reatores. Soluções duráveis no tempo e que proporcionam a mais alta performance.

+

Juntas e Vedantes

Elevada resistência térmica, química e mecânica são os requisitos de um bom vedante. As mesmas propriedades ímpares da cortiça que são utilizadas para a alta performance automóvel servem também muitas outras indústrias, em aplicações sujeitas a testes extremos de resistência, calor e pressão.

+

Superfícies Desportivas

A cortiça absorve naturalmente a energia do impacto e proporciona conforto e segurança para o utilizador, transformando-se na solução ideal para superfícies desportivas. Utilizados em ginásios, pistas de corrida, estádios e relvados, os compósitos de cortiça ou à base de cortiça proporcionam às superfícies desportivas resistência e absorção de choque, reduzem a temperatura da superfície e, como materiais naturais, não comprometem a saúde.